VOCÊ BEM-INFORMADO SEMPRE!

20.9 C
Campina Grande

VOCÊ BEM-INFORMADO SEMPRE!

UEPB aprova resolução e aulas online começam em agosto

Após sete sessões de reunião conjunta do Conselho Universitário (Consuni) e Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) foi concluída nessa sexta-feira (26) a apreciação da proposta que normatiza as aulas remotas na Instituição durante o período de pandemia da Covid-19.

Conforme a Resolução aprovada pelo Consepe, a formação continuada sobre uso de plataformas tecnológicas digitais e virtuais como mediação pedagógica seguirão até três de julho. O período de 29 de junho a 17 de julho está reservado para o planejamento acadêmico e oferta de novas turmas e/ou componentes curriculares. A matrícula dos alunos em novos componentes curriculares e os reajustes de matrículas serão feitos de 20 a 24 de julho e as atividades letivas não presenciais serão iniciadas em três de agosto.

A resolução tem  27 artigos e estabelece normas para disciplinar a realização de componentes curriculares e outras atividades de aprendizagem, orientação, pesquisa e extensão, por meio de atividades não presenciais na graduação, na pós-graduação e no ensino médio/técnico. O texto estabelece que as atividades não presenciais serão realizadas, excepcionalmente, durante o período de suspensão total ou parcial das atividades presenciais, decorrentes dos efeitos da pandemia de Covid-19.

O reitor Rangel Junior, presidente da reunião, destacou que, com a aprovação  a Universidade Estadual da Paraíba revela sua capacidade de resposta às demandas de seu tempo, aos desafios da Covid-19, com ousada proposta de atividades não presenciais, na qual prevaleceu o processo democrático e a construção coletiva.

A expectativa, conforme Eli Brandão, pró-reitor de Graduação da Instituição, é que os estudantes possam avançar em seus cursos com o uso das plataformas tecnológicas. O professor informou que professores que têm domínio dessas plataformas já estão ministrando cursos para outros professores como forma de deixar todos capacitados para enfrentarem a nova realidade. A formação continuada, com os cursos que já começaram a ser ministrados há duas semanas, dentro da Jornada Pedagógica Docente On-line, quando a Resolução estava em discussão, terão continuidade.

Como fica a situação de quem não tem acesso a internet?

Uma das preocupações da UEPB nesse período de distanciamento social é criar as condições de estudo para os estudantes que não têm acesso à internet. O reitor Rangel Junior explicou que a Universidade já está avaliando a possibilidade de contratar internet para estudantes de lugares longínquos da Paraíba instalarem em suas casas. Ele lembrou que os recursos tecnológicos e de comunicação ajudarão os estudantes a retomarem as atividades, mesmo que de forma virtual. Também há a possibilidade de uso de um aplicativo disponibilizado pelo Governo do Estado.

Últimas Notícias

Polícia Civil autua suspeito de agredir duas mulheres no Parque do Povo, em Campina Grande

Um caso de agressão contra duas mulheres no Parque do Povo, em Campina Grande, local onde acontece as festas de São João da cidade,...

Governo estuda rever programas sociais e previdência militar para conter gastos

Em discussão interna na equipe econômica, a “ampla, geral e irrestrita” revisão de gastos públicos deve ser analisada posteriormente pelo presidente Luiz Inácio Lula...
spot_img
spot_img
spot_img
Campina Grande
nuvens dispersas
20.9 ° C
20.9 °
20.9 °
100 %
4.1kmh
40 %
sex
24 °
sáb
26 °
dom
23 °
seg
26 °
ter
19 °