VOCÊ BEM-INFORMADO SEMPRE!

24.9 C
Campina Grande

VOCÊ BEM-INFORMADO SEMPRE!

Audiência de empresário que matou radialista é hoje; Imprensa cobra rigor da justiça

O empresário Roberto Vicente Correia do Monte, que segue preso na carceragem da Polícia Civil, no bairro do Catolé, por ser o suspeito de matar com um tiro de pistola o radialista Joacir Rocha de Oliveira Filho, passará por audiência de custódia nesta segunda-feira (3), segundo informou a Polícia Civil. O homem será levado em escolta para o fórum Afonso Campos, no bairro da Liberdade, onde acontecerá o procedimento de custódia.

Roberto Vicente matou o radialista na quinta-feira (30) à noite, em uma confusão que aconteceu dentro de um restaurante no Centro de Campina Grande, no Agreste paraibano. Ainda segundo a PC, o assassinato foi ocasionado por causa da disputa por um relógio do assassino que havia sumido do local onde aconteceu o crime.

Ainda segundo os investigadores, antes de atirar em Joacir Filho, o assassino deu um abraço na vítima e fez questão de pagar a conta do homem. Minutos depois, as imagens do circuito de segurança do estabelecimento mostram Roberto Vicente sacando a arma e efetuando um disparo que acabou sendo fatal. A arma utilizada no crime não foi encontrada.

Porém, um pente de pistola com munições que têm o mesmo calibre usado no crime do radialista foi encontrado enterrado perto de uma árvore em uma propriedade da família do empresário. No momento do crime tanto o atirador como a vítima estavam consumindo bebida alcoólica.

Justiça

Após a morte do radialista, familiares, amigos e principalmente a imprensa de Campina Grande estão vigilante sobre como o caso será tratado pela justiça. Nesse domingo (2), a Associação Campinense de Imprensa (ACI) divulgou uma nota prometendo até investigar o caso se for necessário para a justiça seja cumprida.

ACI – Nota oficial

A Associação Campinense de Imprensa (ACI), por meio de todos aqueles que a integram e em nome de todos aqueles que fazem a imprensa de Campina Grande, vem a público manifestar o mais profundo pesar pela morte do radialista Joacir Oliveira Filho, crime bárbaro que tem como autor, segundo a Polícia Civil, o empresário Roberto Correia Vicente do Monte, ao tempo em que informa que estará unida no acompanhamento das investigações policiais e desdobramentos judiciais do caso.

Acreditamos que, em pleno século 21, o poder econômico não será garantia de impunidade e a Lei se fará imperiosa para o estabelecimento da justiça e a necessária punição a quem julga-se no direito de interromper, por motivo fútil e de maneira covarde, a vida de um jovem, deixando enlutada uma família e estarrecida a sociedade campinense.

Ademais, informa esta entidade que a imprensa de Campina Grande não descansará no seu papel de acompanhar, questionar, buscar informações e, se necessário, investigar o andamento deste caso, exigindo a mais estrita legalidade no tratamento do crime e de seus envolvidos.

Nós, que diuturnamente trabalhamos para informar à sociedade e garantir a publicidade de todos os atos e fatos de interesse público, não permitiremos, sob nenhuma hipótese, que a morte cruel de Joacir caia no esquecimento e seja afrontada pela impunidade.

Nesse momento de dor e perplexidade, nossa solidariedade aos familiares e amigos de Joacir Filho, e o testemunho de duas certezas: vocês não estarão sozinhos e não apenas exigiremos justiça como por ela trabalharemos juntos e unidos.

À polícia, ao Ministério Público e ao Judiciário nosso respeito, nosso clamor e nossa mensagem por justiça. Por fim, a reafirmação de que a imprensa de Campina Grande agirá com firmeza, coragem e ousadia na luta para que o poder da lei se imponha sobre qualquer suposto poder, inclusive econômico, para que a justiça cumpra seu mister e traga resposta efetiva a esse crime repudiável.

Joacir Oliveira Filho descansará no silêncio da eternidade, mas nós seremos sua voz, que se fará firme, altiva e incansável.

Campina Grande, PB – 02 de junho de 2019

Associação Campinense de Imprensa

Treze pede justiça

BLOG DO PP COM OP9

Últimas Notícias

Polícia Civil autua suspeito de agredir duas mulheres no Parque do Povo, em Campina Grande

Um caso de agressão contra duas mulheres no Parque do Povo, em Campina Grande, local onde acontece as festas de São João da cidade,...

Governo estuda rever programas sociais e previdência militar para conter gastos

Em discussão interna na equipe econômica, a “ampla, geral e irrestrita” revisão de gastos públicos deve ser analisada posteriormente pelo presidente Luiz Inácio Lula...
spot_img
spot_img
spot_img
Campina Grande
nuvens quebradas
24.9 ° C
24.9 °
24.9 °
78 %
5.7kmh
75 %
qui
23 °
sex
24 °
sáb
27 °
dom
22 °
seg
27 °